Como Calcular A Captação De Recursos Sem Gastar Mais?

Como Calcular A Captacao De Recursos Sem Gastar Mais - Contabilidade em Santo André -  São Paulo | SQUIPP - Consultoria e Assessoria Contabil Ltda
Entender O Que É Preciso Para Calcular A Captação De Recursos Vai Fazer Toda A Diferença Para Que O Seu Projeto Cumpra Com O Seu Objetivo Sem Exceder O Orçamento

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on pinterest

Como Calcular A Captação De Recursos De Sua ONG?

Entender O Que É Preciso Para Calcular A Captação De Recursos Vai Fazer Toda A Diferença Para Que O Seu Projeto Cumpra Com O Seu Objetivo Sem Exceder O Orçamento

Realizar um projeto para uma ONG não é uma tarefa fácil, afinal de contas, existem muitas variáveis para se preocupar.

Desde aspectos do próprio projeto até a realização e administração, um ponto que coloca todo gestor de ONG em xeque é a captação de recursos…

E hoje, para que isso não seja uma pedra no caminho da sua ONG, vamos te ajudar a calcular a captação de recursos do seu projeto!

Como Calcular A Captação De Recursos?

Para que qualquer projeto da sua ONG tenha o sucesso que você deseja, é necessário mais do que o mero desejo e, sim, um planejamento preciso e, além disso, entender como calcular a captação de recursos para que o processo, de fato, seja concretizado.

Portanto, para calcular a captação de recursos, antes de qualquer coisa, é necessário colocar os dados em uma planilha ou outro documento que possa organizar todas as despesas que o seu projeto terá.

Uma vez feito isso, é hora de somar esse valor e, com base nisso, calcular 10% sobre o valor.

Isso porque todas as leis estabelecem que o valor do pagamento para a captação de recursos não deve ultrapassar um teto de 10%, portanto, é quase uma regra estabelecer esse valor.

O Que É Preciso Para Calcular A Captação De Recursos Sem Erros Que Custam Ainda Mais Para O Seu Projeto?

Para calcular a captação de recursos corretamente, você precisa levar em consideração certos aspectos que, se forem deixados de lado, podem ser a grande dor de cabeça que vai te acompanhar até o fim do projeto — e até depois dele.

Então, para evitar isso, você precisa considerar:

  • Os 10% da soma que citamos anteriormente deve ser em relação às grandes rubricas de pré-produção, de produção e de pós-produção;
  • Os custos de divulgação e da administração do seu projeto não podem ser contabilizados na soma e, consequentemente, não constará para os 10%;
  • O valor total do seu projeto não pode ser superior a 100 mil reais. 

Como Ter Certeza De Que Os Custos Não Serão Maiores Que O Seu Orçamento?

Como apontamos, é complexo realizar um projeto na sua ONG, principalmente, quando um dos aspectos a serem contabilizados é a captação de recursos.

Contudo, é necessário fazer tudo isso dentro da lei e, ainda, ter o cuidado para com as questões de administração do projeto da sua ONG, pois é necessário ir atrás de diversos pontos para realizá-lo.

E você pode contar com a gente para te ajudar com isso!

Nós oferecemos à sua ONG uma contabilidade que, para muito além de organizar suas contas, tem a especialização na sua área de atuação, ou seja, pode te disponibilizar soluções e respostas estratégicas adequadas às suas particularidades.

Então, se quiser uma ajuda de peso que vai colocar os números para trabalharem ao seu favor, é só entrar em contato conosco!

Fonte: Gestão Terceiro Setor

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

Veja também

Posts Relacionados

Contabilidade Em Em São Paulo Sp Squipp Imgservs2 - Contabilidade em São Paulo - SP | SQUIPP - Consultoria e Assessoria Contabil Ltda
O sucesso do seu negócio passa por aqui

Conte com uma contabilidade que trabalha para ajudar você a elevar sua empresa a patamares cada vez mais altos.