Entenda um pouco sobre Responsabilidade Social, e o Papel das ONGs!

Responsabilidade Social Blog Squipp Consultoria E Assessoria Contábil - Contabilidade em Santo André -  São Paulo | SQUIPP - Consultoria e Assessoria Contabil Ltda

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on pinterest

Atualmente vem crescendo o número de empresas que estão se preocupando em ter mais transparência em seus negócios, seguir normas e procedimentos adequados para garantir que seus empreendimentos empresariais estejam colaborando com o crescimento da economia.

Ao mesmo tempo, a preocupação com o crescimento sustentável também vem alarmando a necessidade de boas práticas para diminuir os impactos causados ao meio ambiente no processo econômico.

Analisando a situação atual do mundo, fica nítida a importância das ONGs e da Responsabilidade Social, no entanto, você já parou para pensar sobre o tema?

O papel da Responsabilidade Social  

O termo Responsabilidade Social surge neste século com o objetivo de guiar as corporações no que diz respeito às práticas de trabalho, direitos humanos, meio ambiente, sustentabilidade, entre outros.

Tendo como definição central, essa responsabilidade impactante nas decisões e atividades na sociedade e no meio ambiente, de forma que contribua no desenvolvimento sustentável e esteja em conformidade com as legislações de acordo com as normas internacionais de comportamento.

A importância da responsabilidade social

Assim, a necessidade de preservar os recursos culturais, ambientais e sociais para as gerações futuras são questões primordiais para que haja a responsabilidade social, de forma que é fundamental que haja uma compreensão dos princípios éticos, estabelecendo assim, um desenvolvimento sustentável.

E o principal conceito deve ser compreendido na prática de visar o benefício social e financeiro no contexto da globalização para que, de acordo com as mudanças, socioculturais, possam se atingir as expectativas de um envolvimento mais justo entre a sociedade e as empresas.

Contribuindo com um ambiente mais sustentável e uma sociedade justa, a responsabilidade social visa trazer medidas que ofereçam boas condições para a sociedade e diversidade cultural.

Objetivo das ONGs

As Organizações Não Governamentais (ONGs) são formadas pela sociedade civil, sem fins lucrativos que têm como objetivo e missão a resolução de algum problema social, econômico, ambiental, racial ou reivindicação de direitos e fiscalização do poder público.

Com isso, essas organizações podem ser particulares ou públicas, desde que não gerem nenhum lucro destinado à própria empresa que possa ser repassado aos diretores ou proprietários da organização.

Essas ONGs são importantes na assistência para suprir falhas do governo em relação aos problemas sociais, ambientais e econômicos, de forma que visam a cooperação dos seus participantes, criando assim, uma mobilização entre seus organizadores. Elas podem atuar em diversas áreas, como religiosas, pastorais, ambientais, sociais, entre outros.

Divisão de categoria das ONG’s

Podemos dividir as ONG’s em algumas categorias:

Fundações

Estão relacionadas ao Ministério Público do Estado em que se localizam e não podem ser alteradas. Formadas por empresas privadas, são instituídas para cumprir o objetivo previamente definido, sem visar fins lucrativos, refletindo a proposta investida pelo organizador.

Associações

Definidas como união de pessoas que não visam fins lucrativos, sem que seja preciso exigir um capital financeiro para sua iniciação.  Está restrita somente aos membros associados o benefício ou lucro resultante das atividades exercidas, de modo que deve ser gerida por um estatuto criado no momento da iniciação.

Por isso, o estatuto deve estar de acordo com os requisitos pré-estabelecidos pelo Código Civil Brasileiro.

Institutos

Com o intuito de criação de projetos, os institutos têm como objetivo estabelecer ou formar alguma coisa para exercitarem ou cumprirem alguma finalidade determinada pela empresa organizadora.

Deste modo, utilizam a razão social para formar entidades que se designem uma organização para fins econômicos, religiosos, educativos, culturais, etc. As instituições podem ser privadas ou públicas, sendo que em sua grande maioria estão associadas e dedicadas à educação e pesquisa/produção científica.

Assim, as ONGs são necessárias para propor melhorias em diversas áreas caracterizadas por ações solidárias que investem na busca de uma sociedade equilibrada. Resultando em responsabilidade social.

Até a Próxima!

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

Contabilidade Em Em São Paulo Sp Squipp Imgservs2 - Contabilidade em São Paulo - SP | SQUIPP - Consultoria e Assessoria Contabil Ltda
O sucesso do seu negócio passa por aqui

Conte com uma contabilidade que trabalha para ajudar você a elevar sua empresa a patamares cada vez mais altos.

Back To Top
Precisa de ajuda?